Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Exposição em São Paulo traz ao Brasil os Mestres do Renascimento

Cristo abençoando

O CCBB São Paulo recebe entre os dias 13 de julho a 23 de setembro de 2013 a exposição Mestres do Renascimento: Obras-primas italianas. São 57 obras de um dos mais influentes movimentos artísticos da história da humanidade. A mostra inédita apresenta um panorama do florescimento cultural dos séculos XV e XVI, que, marcado pela revalorização da cultura clássica, apresentou ao mundo mestres como Rafael, Ticiano, Tintoretto, Leonardo da Vinci e Michelangelo.
 
São inúmeras obras de grandes mestres do Renascimento presentes na exposição, como o Cristo benedicente (Cristo abençoando), de Rafael, Morte di Lucrezia (Morte de Lucrecia), de Giovanni Bazzi dito Il Sodoma, Sacra Famiglia con una santa (Sagrada Família com uma santa), de Andrea Mantegna, Annunciazione de Giovanni Bellini, dentre outras obras-primas.
 
A exposição tem curadoria da historiadora da arte Cristina Acidini, superintendente para o Patrimônio Histórico, Artístico e Etno-antropológico e para o Museu da Cidade de Florença. Mestres do Renascimento: Obras-primas italianas é um projeto da Base7 Projetos Culturais, idealizado pela Start e com coordenação geral da Civita.
 
 
Algumas das obras expostas:
 
Francesco Francia
 
Madonna com Il Bambino e San Francesco, c. 1510 - Virgem com Menino e São Francisco
 
 
Lorenzo Lotto
 
Adorazione dei Patori, 1525 – 1535 - Adoração dos Pastores
 
Michelangelo
 
Studio di fortificazione per La porta al Prato, c. 1529- 1530. - Estudo de fortificação para Porta al Prato.
 
Ticiano
 
Maddalena, 1550-1555
 
 
Veronese
 
Allegoria della Battaglia di Lepanto, 1573 - Alegoria da batalha de Lepanto
 
 
Sandro Botticelli
 
Sant´Agostino scrivente, 1480 - Santo Agostinho escrevendo
 
 
A exposição ocorre no:
 
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em SP  do dia 13 de julho de 2013 a 23 de Setembro de 2013.
 
E a partir de 12 de outubro de 2013 a 05 de janeiro de 2014 no CCBB do DF.
 
 
Mais informações:
 
 
 

Nenhum comentário: